Como funciona as bandeira tarifárias

Muitas pessoas ouvem falar sobre esse assunto, mas não sabe realmente o que é e qual é o impacto no nosso dia a dia e nas nossas contas de energia. Independentemente de ser profissional da área ou se você é o consumidor final, é importante observar que nós temos 4 tipos de bandeiras que vão indicar para nós como que está a produção de energia elétrica no Brasil.

Para esclarecer melhor esse assunto, é importante destacar que quando os reservatórios das usinas hidrelétricas estão baixos, o país utiliza a energia de termelétricas. Ou seja, essa energia é muito mais cara. Dessa forma, todo mês a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determina qual a cor da bandeira que vai marcar a sua conta de energia dos meses seguintes.

Agora você deve estar se perguntando quantos tipos de bandeiras tarifárias existem. Pensando nisso, para simplificar esse assunto, separamos as bandeiras inerentes à conta de energia e as suas particularidades que influenciam na variação dos valores.

Bandeira Verde

A bandeira verde significa que nosso sistema hídrico, ou seja, as hidrelétricas estão funcionando perfeitamente e conseguindo produzir se não toda, mas a grande maioria da energia elétrica necessária para alimentar o nosso território nacional.

Ou seja, essa cobrança é mais amena, tendo em vista as condições favoráveis da energia elétrica. Assim, a energia gerada é econômica e, por causa disso, não será cobrada tarifa extra na conta.

Bandeira Amarela

No caso da bandeira amarela, significa que por algum motivo ocorreu um déficit na produção de energia elétrica através da hidrelétrica. Dessa forma, houve a necessidade de ser acionada as termelétricas, ou seja, usinas térmicas para a produção de energia elétrica e por isso se gasta mais para acontecer essa geração de energia com outros mecanismos adicionais

Nesse sentido da posição a bandeira amarela simboliza para nós que teremos um acréscimo de R$ 1,50 a cada 100 KW hora que nós consumimos a energia sejam nas residências ou nos comércios e assim sucessivamente.

Bandeira Vermelha

A bandeira vermelha é classificada em dois tipos: patamar 1 e patamar 2. A bandeira vermelha patamar 1 também é conhecida como bandeira rosa, e ela significa que também foram acionadas as usinas térmicas a realizar a produção de energia elétrica para suprir a necessidade da falta de geração de energia pelos meios mais convencionais.

Já a bandeira vermelha do patamar 2 também seria um pior cenário de produção de energia elétrica e dessa forma serão acionadas várias termelétricas, e o consumo da energia será acrescido de R$ 4,50 a cada 100 KW por hora que será utilizada na residência.

A indicação de qual bandeira está sendo utilizado é feita pela própria concessionária de energia, tanto através das mídias quanto também através do site deste até na conta de energia vem indicando para nós qual que é a bandeira que está sendo utilizada naquele momento, basicamente é assim que funciona.

Portanto, o dinheiro conseguido pela bandeira tarifária serve para suprir o custo adicional com o uso das termelétricas.

Acesse nosso site para mais informações sobre nosso serviços.

Deixe um comentário

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Descubra a melhor solução em energia

Nossa equipe está pronta para te ajudar na melhor solução de energia para sua casa ou empresa.

Preencha o formulário abaixo

Nossa equipe irá ligar para você.

PLANILHA GRÁTIS

Quedas de energia impactam diretamente no faturamento da sua empresa, já parou para calcular o prejuízo?

Com esta planilha você consegue calcular o prejuízo que as quedas de energia tem sobre o seu faturamento.

A Pramac tem tomado ações para diminuir a transmissão do COVID-19, dentre elas o trabalho da equipe comercial em regime de home office. Agora você poderá entrar em contato conosco através dos números ao lado. 

Clientes do estado de São Paulo

(16) 99753-4880

Clientes fora do estado de São Paulo

(16) 99724-2126